Previsão do Tempo
°max. °min.

Prefeitura Municipal de Dois Vizinhos

Banner 04 Banner 02
Publicado em

CAMINHADA ALERTA QUANTO A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO AO ABUSO SEXUAL INFANTIL

Um grande número de alunos das escolas de Dois Vizinhos, juntamente com representantes da Secretaria da Educação e da Saúde, Departamento de Cultura, e de entidades como Conselho Tutelar, Pastoral da Criança, Casa da Paz, AABB Comunidade, Guarda Mirim, APADV, Rotary, ACEDV, entre outros, participaram na manhã desta quarta-feira (18/05) de uma caminhada de conscientização sobre a necessidade do combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

O grupo percorreu o trajeto entre o Supermercado Amigão e a Igreja Matriz Imaculada Conceição, levando faixas com frases de alerta à população e distribuindo cartazes aos comerciantes. Houve também apresentações artísticas e pronunciamento das autoridades.  O ato foi realizado pela Administração Municipal e a Secretaria de Assistência Social, através do Centro de Referência Especializado em Assistência Social de Dois Vizinhos (CREAS).

Segundo organizador da campanha e Coordenador do CREAS, o Psicólogo Thiago Dambros, o objetivo da caminhada é chamar a atenção para a importância da prevenção. “É necessário mostrar à população que essa proteção não é só de determinadas instâncias e sim de toda sociedade”, explicou. A avaliação do CREAS é de que a sociedade ainda encara o tema como um tabu e precisa se envolver mais para ajudar crianças que venham a passar por essa situação. “Elas precisam de orientações adequadas às suas idades, de forma a prevenir a situação. Por isso, através do apoio de diversas entidades, realizamos inúmeras palestras com orientações sobre como identificar situações de risco para o abuso e como preveni-lo”, contou.

IMG_4214 IMG_4246 IMG_4310

 

De acordo com o conselho tutelar, em 2013 foram registrados 19 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes em Dois Vizinhos, sendo 5 vítimas do sexo masculinos e 14 do sexo feminino. Em 2014, foram 54 casos registrados, 12 casos com vítimas do sexo masculino e 42 com vítimas do sexo feminino. Já em 2015 este número subiu para 61 casos registrados, sendo 6 do sexo masculino e 55 do sexo feminino, um aumento maior que 200% desde 2013.

Para este ano o CREAS planeja promover ainda orientações aos pais e crianças dos Centros Municipais de Educação Infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo