Previsão do Tempo
°max. °min.

Prefeitura Municipal de Dois Vizinhos

Banner 04 Banner 02
Publicado em ,

Grupo de Canto de Dois Vizinhos estreia dois espetáculos musicais em 2018

O Grupo de Canto de Dois Vizinhos, criado no ano de 2015, é um dos grupos artísticos do Departamento Municipal de Cultura, mantido pela Prefeitura Municipal de Dois Vizinhos, atendendo crianças e adultos com aulas de canto e interpretação, coletivas e individuais. A responsabilidade pelos trabalhos, é do professor Jades Henrique, contando com a colaboração do professor instrumentista Denilson Nogueira, e da professora Elaine de Oliveira, responsável pelas aulas de interpretação e preparação corporal.

Nos dias 26 e 27 de Setembro, às 20h, no Centro Cultural Arte e Vida,  o grupo apresentará dois espetáculos, sendo eles: A Arca de Noé, voltado ao público infantil e tendo como integrantes os alunos da turma infanto-juvenil; Sonhos não Envelhecem, inspirado na temática dos sonhos, utilizando canções de Milton Nascimento, interpretadas por alunos da turma adulta. A entrada para todas as noites é gratuita.

A Arca de Noé – Espetáculo Infantil

Utilizando-se de diversas canções do histórico álbum do poeta Vinicius de Morais, a turma infantil do grupo de canto de Dois Vizinhos traz para o palco do Centro Cultural Arte e Vida o espetáculo A Arca de Noé. Interpretando  desde clássicos como O Pato, A Casa, A Corujinha, até as inusitadas O Vento e A porta, as quais, segundo o poeta, também faziam parte da história da Arca de Noé.

O disco foi o último projeto desenvolvido por Vinicius de Moraes em parceria com Toquinho, durante o primeiro semestre de 1980. O poeta viria a falecer no dia nove de Julho deste ano, pouco tempo após o lançamento do álbum. No disco original as canções foram interpretadas por ícones da MPB, como Elis Regina, Milton Nascimento, Chico Buarque, Ney Matogrosso, As Frenéticas, dentre outros, as quais também fizeram parte de um especial da TV Globo dedicado às crianças.

Sonhos não Envelhecem – Espetáculo adulto

Sonhar é tão natural ao ser humano quanto respirar. Porém, enquanto a respiração mantém nosso corpo vivo, sonhar mantém nossa vontade de viver. assim, pode-se considerar que os sonhos são como lâmpadas que nos guiam pelas estradas da vida. Com esse cenário surge o novo espetáculo do Grupo de Canto de Dois Vizinhos, abordando os diversos sonhos da natureza humana. Para isso, foram utilizadas músicas do célebre cantor e compositor brasileiro Milton Nascimento.

Os sonhos retratados nas músicas permeiam todas as etapas da vida do ser humano, desde sua infância e a constante necessidade de manter viva a criança interior até a velhice e a certeza de que tudo o que se vive é passageiro. Pode-se pensar, portanto, que os nossos sonhos são a luz e nos iluminam nessa jornada da vida. Conclui-se, por fim, que, apesar de qualquer obstáculo enfrentado durante o caminhar pela vida, SONHOS NÂO ENVELHECEM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo