Previsão do Tempo
°max. °min.

Prefeitura Municipal de Dois Vizinhos

Banner DV
Publicado em ,

Prefeitura de Dois Vizinhos teve redução de 11,2% nas despesas em 2013

Dois Vizinhos

A prefeitura de Dois Vizinhos conseguiu reduzir em 11,2% as despesas do município em 2013 em relação ao ano de 2012. O ajuste nas contas foi o principal objetivo da administração ao longo do ano passado. A significativa redução dos gastos, bem como o superávit apresentado nas contas mostrou que o esforço administrativo deu resultado, embora tenha sido preciso sacrificar alguns avanços e melhorias. Houve redução também no número de funcionários da prefeitura, de 877 em 2012 para 847 em 2013. O número de funcionários com gratificação, que em outubro de 2012 era de 68, caiu no mesmo período de 2013 para 21. Só no percentual da folha, que consome boa parte das receitas do município, o índice caiu de 51% para 42,8%. Segundo a Secretária de Administração e Finanças, Márcia Besson Frigotto, a determinação do prefeito Raul Isotton, em sanar as contas do município foi primordial, já que a administração teve que superar vários momentos de tensão e dificuldades sem que o foco fosse perdido. “Os números estão aí para comprovar que com seriedade e respeito ao dinheiro público Dois Vizinhos vai superando as dificuldades e consolidando a construção de um tempo melhor. Tivemos ao longo desses últimos meses a difícil tarefa de renegociar contratos, diminuir valores, fazer licitações mais concorridas, enfim, não foi fácil.

Márcia Besson Frigotto, – Secretária de Administração e Finanças

“Muitas vezes tivemos que dizer não, fomos mal compreendidos, mas tivemos que ser austeros agora para que daqui a pouco possamos dizer sim. E um sim com os pés no chão para investimentos maiores, relevantes e indispensáveis para o progresso de Dois Vizinhos e o bem estar da população”,  destaca a Secretária.

Se a tarefa principal da administração em 2013 foi organizar as finanças, agora com o objetivo alcançado, o prefeito Raul Isotton, embora sabendo que ainda enfrentará dificuldades, se prepara para fortes investimentos, principalmente federais. Mais de quinze milhões de reais estão previstos em obras e avanços entre 2014 e 2015. O setor que mais deve receber investimentos será o da saúde. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Topo