Dia Nacional da Alimentação na Escola, em dois vizinhos são mais de 7 mil refeições diárias na merenda escolar
ter?a, 29 de outubro de 2019


Em outubro é comemorado o Dia Nacional da Alimentação na Escola, cujo objetivo de chamar a atenção de toda a comunidade sobre a importância de pensar e manter bons hábitos alimentares para as crianças, jovens e adultos estudantes.

De acordo com a nutricionista da Secretaria Municipal Anatieli Baldissera Abatti, uma boa alimentação é fator essencial para o desenvolvimento cognitivo de crianças. “Nosso objetivo é ofertar refeições saudáveis e diversificadas que promova melhorias não só no rendimento escolar, mas também na qualidade do sono, na prevenção de doenças, enfim, criar bons hábitos alimentares”. Destacou.

Para alimentar os mais de 5 mil alunos da rede pública municipal, seno ensino fundamental e educação infantil ao todo são servidas cerca de 7.748 refeições dia “Para os alunos que permanecem tempo integral no CMEI são 4 refeições, para quem permanece meio período são 2, já para as crianças do fundamental é 1 refeição por dia”, pontuou.

Para atender essa demanda, a nutricionista destaca que é preciso planejar cardápios, levando em consideração os diferentes aspectos da comunidade escolar a ser atendida; treinar e reciclar as equipes de cozinha e merendeiras e gerenciar compras, dentre outras, “preconizamos uma variedade com frutas e verduras, principalmente na escola alimentação salgadas, evitando corantes e conservantes, alguns produtos inclusive foram retirados do cardápio como embutidos e margarina, ou seja preferimos comida de verdade, isso é um trabalho que inicia no processo licitatório, um trabalho em conjunto da Secretaria de Educação, Secretaria de Agricultura e Departamento de compras.

Segundo o Diretor de Compras da Prefeitura, Clésio Fidêncio, durante todo o ano a Prefeitura deve adquirir aproximadamente um milhão e quinhentos reais em merenda escolar, dos quais mais de 700 mil já foram adquiridos diretamente da agricultura familiar do município.

Anatieli destaca ainda dois pontos relevantes, um deles diz respeito aos treinamentos ofertados a equipe, que acontecem semestralmente, com repasse de informações, trocas de experiências e atividades práticas. O outro é sobre a atuação do Conselho de Alimentação Escolar o conselho é composto por representantes de pais, funcionários, sociedade civil, que é muito atuante “o conselho visita com frequência as instituições avaliando pontos como higiene, estoque, e preparo dos alimentos, quando os pontos são atendidos o conselho certifica a escola ou CMEI”, a alimentação deve ser acompanhada de perto pelos pais ou responsáveis e o conselho desempenha esse papel”. Finalizou.