Dois Vizinhos tem cheiro!
sexta, 26 de março de 2021


Quantas vezes um aroma lhe lembrou de um fato, uma pessoa, um local? E se lhe dissesse que um perfume foi desenvolvido para lembrar-se de uma cidade?

Essa é a proposta que a perfumista Mayza Regina Iorkoski, integrante da Associação Artística de Dois Vizinhos, está apresentando em primeira mão aos duovizinhenses nesta semana. Batizado como “Cheiro da Nossa Terra”, o perfume é apresentado como aromatizador de ambientes e já está sendo comercializado na Feira de Artesanato da Praça Ary Müller, no centro da cidade.

Segundo a criadora, “a essência de Dois Vizinhos foi sintetizada neste perfume, que contém várias notas meticulosamente harmonizadas”. A essência de cedro, que é uma árvore nativa da região, foi escolhida para transmitir uma sensação de força e coragem. Já o ozônio carrega uma sensação de paz e clareza, remetendo uma lembrança da água, simbolizando aqui nossos rios e lagos. O aroma das cascas e folhas remete-nos às belezas naturais (matas e bosques) e a sensação de bem estar e aconchego da nossa gente está presente no aroma que completa esse perfume.

Mayza, que também produz perfumes exclusivos para empresas da cidade, revela que trabalhou no desenvolvimento deste perfume durante um ano, tentando captar todas as sensações que lembrassem Dois Vizinhos. “Foi o maior desafio que eu topei fazer. Iniciei o trabalho fazendo uma pesquisa com moradores e com turistas tentando captar as sensações aromáticas que lembrassem a cidade e o nosso povo. Uni as opiniões com as minhas impressões pessoais, além de buscar aromas que lembrassem a nossa história e a nossa geografia”, completa a perfumista.

A artista também comercializa outros aromas (linha comercial de difusores) e produz perfumes exclusivos (identidade olfativa) para empresas e pode ser contatada pelo (46) 99903-4942. De acordo com Mayza, a ideia é que os turistas levem não apenas uma lembrança visual ou tátil de Dois Vizinhos, mas também o delicioso cheiro da nossa terra impregnado em seus sistemas olfativos.

Visitas: 1328