Medicamentos liberados pelo SUS são encontrados na rede de esgoto em Dois Vizinhos
quarta, 02 de outubro de 2019


Na manhã desta quarta-feira (02/10) um funcionário da SANEPAR procurou o Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Dois Vizinhos, para denunciar o descarte ilegal de medicamentos na rede de esgoto da cidade.

O funcionário encontrou na Estação de Tratamento de Esgoto, aproximadamente 30 cartelas de medicamentos que foram liberados pelo SUS – Sistema Único de Saúde.

Os medicamentos possivelmente tenham sido retidos de forma gratuita na farmácia básica após consulta e prescrição médica. Ao analisar as cartelas foi verificado que os medicamentos estavam com validade ativa, ou seja, poderiam ser usados para tratamento de saúde.

Descartar remédios vencidos ou não fora de uso no lixo comum, vaso sanitário ou esgoto pode causar riscos à saúde, segundo o Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná (CRF-PR).

O Conselho ressalta que, se descartados de forma irregular, os componentes químicos dos remédios podem voltar à população por meio da água e de alimentos.

Conforme o CRF, os produtos podem causar intoxicação em animais e até mesmo em pessoas que tiverem contato com itens contaminados.

Produtos como remédios anti-inflamatórios estão entre os mais consumidos e são poluentes ambientais perigosos, que podem provocar mutações genéticas e hormonais em animais, ou até mesmo a contaminação de solo ou lençol freático.

Segundo a diretora da Vigilância Sanitário em Dois Vizinhos, Adriana Azevedo, antes de descartar os medicamentos os moradores devem entrar em contato com a vigilância para consultar onde há pontos de coleta de remédios, ou o que devem fazer.

“Ela lamenta a ação e espera que o medicamento não tenha faltado para quem realmente precisa”