Médicos cirurgiões permanecerão em Dois Vizinhos
terça, 02 de fevereiro de 2021


Após o anúncio da dívida corrente de mais de R$ 7 milhões herdada do Hospital Pró Vida e de que vários médicos da casa hospitalar reclamavam de salários atrasados, o prefeito Carlinhos Turatto não mediu esforços e buscou um entendimento para sanar as insatisfações no quadro clínico.

Dentre os profissionais prejudicados estão os cirurgiões Edson Scotini e Marcelo Bailon, que após a conversa com o prefeito garantiram a permanência na cidade e a continuação do atendimento à população junto ao hospital.

Durante o encontro com o prefeito outro importante assunto veio à tona: a suspensão de cirurgias eletivas temporariamente devido ao decreto estadual e o aumento da fila de espera. “Tão logo esteja liberado pelo Estado, nós queremos fazer as cirurgias que estão represadas e melhorar cada vez mais o atendimento a nossa população”, frisou Turatto.

Diante de tantas dificuldades apresentadas pela casa hospitalar, o prefeito Carlinhos determinou que a equipe da Secretaria Municipal de Saúde busque soluções para dar andamento aos atendimentos e que apresente alternativas junto à direção do Hospital Pró Vida para promover a redução dos gastos e aplicação de controle mais rígido na gestão financeira.

Visitas: 2430