PROFISSIONAIS DE SAÚDE INFECTADOS SÃO AFASTADOS E DUAS MORTES POR COVID-19 NESTE FINAL DE SEMANA
segunda, 24 de janeiro de 2022

A queda e a desaceleração da transmissão viral consistem na conscientização de cada um e no respeito pelo próximo.


O último final de semana nos mostrou que ainda estamos propícios a perdas lamentáveis, embora os efeitos do Covid-19 sejam minimizados pela ação das vacinas ministradas.

Mais duas famílias enlutadas pela perda de entes queridos, por COVID-19, em nosso Município. O quadro de óbitos chegou ao centésimo caso, e o número crescente de pessoas infectadas é assustador e muito preocupante em Dois Vizinhos.    

Os dois que faleceram (masculino de 68 e feminino de 74) ambos com comorbidades, estavam internados na UTI da Regional de Saúde.

Acrescente-se que mais de 70 (setenta) servidores da Saúde de Dois Vizinhos foram afastados por Covid, três postos de saúde foram fechados, e somente neste final de semana, conforme boletim informativo recebido às 14 horas desta segunda-feira, 24 de janeiro, 353 pessoas testaram positivo para Covd-19 em Dois Vizinhos.  

A situação é muito séria. Exige que tomemos todos os cuidados necessários e recomendados pelos protocolos de prevenção e segurança contra o  coronavírus.

Não podemos brincar de usar máscara (babeiro, penduricalho, enfeite), ou fazer de conta que estamos esfregando álcool em gel nas mãos, ou aglomerando “só um pouquinho”. Temos, sim, que usar adequadamente a máscara, desinfectar as mãos várias vezes ao dia com álcool em gel, manter o distanciamento recomendado e nunca aglomerar.  

Verificou-se que mesmo em casa, e com todos os cuidados, muitas pessoas estão sendo contaminadas pelo contato com infectados, inclusive de pessoas mais jovens, para os quais falta consciência do perigo do Covid-19, responsabilidade familiar e social e amor ao próximo.   

Direito à Saúde é um dos fundamentos individuais e sociais de nossa Constituição Federal, e todos que são conscientes devem saber e preservar isto. O meu direito termina quando começa o direito do outro.

O descuido, desleixo ou irresponsabilidade por parte de muitos estão fazendo de nosso País palco alarmante de coronavírus, hoje atacando inclusive servidores e Anjos da Saúde. Quem vai cuidar dos pacientes amanhã?

Tomar vacinas, usar as medidas de prevenção e preocupar-se com o próximo são medidas inteligentes e que se impõem.

O que não podem acontecer são as mortes, os choros, as lágrimas, as exéquias sem público, as certidões de óbito do Covid-19.   

Fonte: Assessoria de Comunicação Social