Secretaria de saúde alerta para o combate a hanseníase
terça, 21 de janeiro de 2020


A Secretaria Municipal de Saúde de Dois Vizinhos alerta a população para o Combate e Prevenção da Hanseníase. No próximo dia 27 é o dia mundial da Hanseníase e no dia 31 de janeiro o dia de Combate e Prevenção da doença.

A Hanseníase antigamente conhecida como lepra é uma doença infectocontagiosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae, ou bacilo de Hansen, em memória de seu descobridor. É provável que a transmissão se dê pelas secreções das vias aéreas superiores e por gotículas de saliva.

Embora seja uma doença basicamente cutânea, pode afetar os nervos periféricos, os olhos e, eventualmente, alguns outros órgãos. O período de incubação pode durar de 6 meses a 6 anos.

Os sintomas da Hanseníase são:

•      Manchas na pele de cor parda, esbranquiçadas ou eritematosas, às vezes pouco visíveis e com limites imprecisos;

•      Alteração da temperatura no local afetado pelas manchas;

•      Comprometimento dos nervos periféricos;

•      Dormência em algumas regiões do corpo causada pelo comprometimento da enervação. A perda da sensibilidade local pode levar a feridas e à perda dos dedos ou de outras partes do organismo;

•      Aparecimento de caroços ou inchaço nas partes mais frias do corpo, como orelhas, mãos e cotovelos;

•      Alteração da musculatura esquelética, principalmente a das mãos, o que resulta nas chamadas “mãos de garra”;

•      Infiltrações e edemas na face que caracterizam a face leonina, característica da forma virchowiana da doença.

O tratamento tem duração de 6 meses ou 1 ano dependendo da forma clínica e a medicação é fornecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde.

Procure um unidade de saúde e tire suas dúvidas, Hanseníase tem CURA se devidamente tradada.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Visitas: 1082