Índice de infestação do Aedes Aegypti é de 3,3% em Dois Vizinhos
segunda, 04 de novembro de 2019


O Setor de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde informa que o último levantamento de infestação do mosquito transmissor da dengue realizado em outubro é de 3,3%, bem acima do preconizado pelo Ministério da Saúde que é inferior a 1%.

O LIRAa – Levantamento rápido do índice de infestação por Aedes Aegypti, apontou também 38 casos notificados, 34 negativados e 04 casos positivos para dengue, ou seja, o município de Dois Vizinhos tem quatro casos confirmados de acordo com o Lacen – Laboratório Central do Estado.

O alerta é para que a população continue vigilante, destruindo os locais que servem para proliferação do mosquito, tais como: pequenos reservatórios, como vasos de plantas, calhas entupidas, garrafas, lixo a céu aberto, bandejas de ar-condicionado, poço de elevador, entre outros.

O Aedes aegypti coloca seus ovos, preferencialmente, nas paredes de criadouros com água limpa e parada, bem próximo à superfície da água. Daí a importância de lavar, com escova ou palha de aço, as paredes dos recipientes que não podem ser eliminados, onde o ovo pode permanecer grudado.

Altas temperaturas e chuvas constantes são propícias para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, que transmite além da dengue, zika e chikungunya, bem como Guillain Barre.